Como Tudo Começou

Como é bom recordar! Conheça os detalhes da nossa caminhada até esse grande sonho do nosso casamento.

Versão da Noiva:

Era uma bela noite de outono, feriado dos trabalhadores, eu estava em casa assistindo filme quando uma amiga me ligou chamando para sair. Eu estava com muita preguiça, com vontade de ficar encolhida no sofá, estava frio, mas ela insistiu e eu acabei indo. Nós estávamos acostumadas a sair para dançar, mas naquela noite decidimos ir a um lugar mais tranquilo, para fofocar um pouco, escolhemos um bar perto da casa dela, o Sinuca's bar. Assim que nos aproximamos da área externa do bar eu percebi uns olhares em minha direção, procurei de onde eles estavam vindo e o avistei, sentado com uns amigos, tomando cerveja, não me interessei rsrs. Minha amiga escolheu uma mesa justamente em frente a que ele estava e aí ele continuou me encarando, eu comecei a gostar da insistência e a retribuir seus olhares com um sorriso. Ficamos nessa troca de olhares e sorrisos por muuuuito tempo até que os amigos dele começaram a levantar para ir embora, nesse momento ele me chamou, de longe, para conversar, queria que eu fosse até ele (é mole?), eu fiz um sinal para que ele viesse até mim, mas metido do jeito que era, ele insistiu que eu fosse até ele. Então, para não dar o braço a torcer, segui até o lado de fora do bar para que ele me seguisse, conversamos por muito tempo, sobre todos os assuntos, nos identificamos, ele se apaixonou por mim naquele momento (rs), não quis mais me largar. Ao final da noite, ofereceu carona para minha amiga e eu e nós aceitamos, quando ele nos deixou em frente ao meu condomínio, pediu meu telefone e eu anotei em um guardanapo (que ele guarda até hoje).

Desde então, não nos separamos mais, ele correu muito atrás de mim porque eu não estava interessada (pura verdade!) e foi me conquistando aos poucos com seu jeitinho romântico, carinhoso, atencioso. 

No dia 12 de junho de 2010, ele me convidou para almoçar e eu, por se tratar de um dia dos namorados, já imaginei que receberia um pedido de namoro, o pedido não aconteceu no almoço, à tarde ele me levou para uma festa de família, conheci todo mundo, inclusive a mãe dele, mas o pedido também não veio. Quando ele me deixou em casa, eu forcei um pouquinho a barra (só um pouquinho rs) e, finalmente, começamos a namorar oficialmente !

Nós passamos por muitos momentos difíceis, precisamos superar muita coisa, mas o amor venceu e hoje estamos realizando nosso grande sonho, formar nossa família. Eu o amo cada dia mais intensamente, quero passar o resto da minha vida ao seu lado e quero fazê-lo o homem mais feliz do mundo !

Que venha o dia 12 de Março!!!!!!!!

Imagem Sobre

Versão do Noivo:

Era um sábado à noite... mais um, como qualquer outro na vida de um solteiro rs. Como de costume saí com meus amigos para curtir a noite, afinal, "todo mundo espera alguma coisa de um sábado à noite", fomos para um lugar bem conhecido em Campo Grande, o Sinuca's Bar, íamos muito lá, pois estávamos naquele momento da vida de ir para "barzin", sentar e bater papo, música ao vivo e tal...estava sendo uma ótima noite, normal, mas ótima, quando de repente, tudo começa a mudar, um grupo de garotas chega ao bar, acho que eram umas 5 ou 6, sei lá, não importa, logo de cara eu bati os olhos na mulher que mudaria minha vida (naquele dia eu não sabia disso rs), ela estava linda, bem arrumada, me chamou muito a atenção. Então eu comecei a paquerá-la e alguns amigos perceberam e já falaram "hum, olha ele, já começou com a paquerinha", eu era um paquerador kkkk, eu fiquei olhando quase que a noite toda para ela, e então ela não resistiu ao meu charme e começou a sorrir para mim, depois que percebi que ela já estava na minha, dei aquela esnobada básica né, parei de olhar um pouco, aí, conversa vai, conversa vem, chegou a hora de ir embora, começamos a levantar, ela olhou para mim, com aquela cara de "como assim? vai embora?" Eu disse, "venha aqui", ela é claro fez charme, disse "eu? não!" mas eu já sabia que isso iria acontecer e dei a minha cartada final, falei pra ela "vai perder, hein" (kkk é sério e ela sabe disso), então como eu já imaginava ela cedeu e foi para fora do bar me esperar, fui ao seu encontro, me apresentei, conversamos muito, falamos de tudo um pouco, realmente era uma garota diferente, acho que especial é a palavra. Como falei anteriormente, nós conversamos muito, meus amigos já tinham ido embora e a gente não parava de conversar, isso numa calçada do lado de fora do bar, o assunto foi acabando e percebi que ela já estava inquieta, doida para ganhar um beijo, deixei ela esperar mais um pouquinho e dei um beijo nela, tenho certeza que foi o melhor beijo da vida dela. Chegou a hora de eu ir embora, e sabem o que ela fez? Perguntou se eu não queria ficar, aiai gamou, kkkk e eu como era viciado em sinuca decidi ficar, kkkk. Nos juntamos às amigas dela e jogamos e bebemos por algumas horas, então chegou novamente a hora de ir embora e eu educado como sou, ofereci uma carona, a amiga e ela aceitaram, fomos embora! 

Chegando ao condomínio dela, no Magarça, (onde eu fui me enfiar??), a amiga desceu, ficamos a sós dentro do carro, demos outro beijo e eu pedi o telefone dela, ela deu fácil, sem fazer charme. 

É, realmente alguma coisa estava mudando, eu fiquei com muita vontade de ligar para ela e foi isso que aconteceu, algumas ligações, conversas e novos encontros. O primeiro local que a levei para conhecer foi o autódromo de JPA, acho que ela gostou, bem ao menos pareceu isso, senão, gostou de passear comigo, também "esbelto, de topete e carro, quem não gostaria?? kkkk

Outro encontro foi bem no dia dos namorados e pior que eu nem me atentei a data, simplesmente a chamei para almoçar kkkkk que gafe a minha, mas foi um almoço maravilhoso, comemos muito, lá no Rancho das Morangas, na Estrada do Catonho. Ao sair de lá, fomos à casa da minha tia Fátima, tinha uma festa, minha família e alguns amigos estavam lá, a levei como amiga, (não podia dar muita moral, né) foi um dia ótimo! Fomos embora para sua casa, chegando lá ela começou a falar em namoro, se eu não iria fazer o pedido, ("eu? Pq?  Ah tá hoje é dia dos namorados e tal, foi mal kkkk), mas resumo da ópera, ela me pediu em namoro, no dia dos namorados, olha que romântico!!! Eu aceitei, estava gostando muito dela. Começamos então o nosso relacionamento, festas de família, saída com amigos e assim foi indo, foi ficando sério, o tempo passando e o amor chegou!!! É, o tempo passou e o nosso amor só aumentou, fizemos vários planos, sonhamos juntos, nos alegramos juntos, choramos juntos, crescemos juntos!!!

Hoje eu só tenho a agradecer a Deus por ter colocado esta mulher na minha vida, já conquistei muita coisa boa para minha vida e ela faz parte destas conquistas, ela contribui para que eu melhore a cada dia, ela me faz feliz todos os dias, ela sabe, uma das coisas que eu me apaixonei por ela, foi o sorriso dela, nossa que lindo!!!

Eu encontrei o AMOR quando a encontrei, eu choro quando ela chora, eu rio quando ela ri, eu sinto quando ela senti, eu vivo enquanto ela viver....

Então é isso, um pouquinho da nossa história...Mais um capitulo será escrito no dia do nosso casamento!!!!